NASA está prestes a anunciar nova sonda que vai "tocar o Sol"


NASA marcou para quarta-feira (31) o anúncio de uma sonda que promete "tocar o Sol", de acordo com a própria agência. A nave vai precisar lidar com temperaturas altíssimas e radiação em um nível que nenhuma outra precisou lidar. A ideia é que ela traga informações que nos ajudem a prever tempestades solares e a revelar os segredos da nossa estrela mais próxima. 

A nova sonda vai chegar mais perto do Sol do que a Helios 2, instrumento lançado em 1976, que chegou a 43 milhões de quilômetros da superfície da estrela. A missão Sonda Solar Plus, estimada em 1,5 milhão de dólares, deve ser lançada em agosto de 2018.

A pequena nave treinará na órbita de Vênus por sete anos antes de ficar a seis milhões de quilômetros da superfície do Sol. Parece meio longe, mas é o suficiente para rastrear os campos magnéticos e analisar algumas partículas solares sem derreter por completo. 

Para Brad Tucker, da Universidade Nacional da Austrália, a grande novidade tecnológica da sonda está no escudo térmico. "Trata-se de um escudo feito de carbono com 11,5 centímetros de espessura, que pode aguentar temperaturas próximas de 1.400°C. O uso dos compostos de carbono estão nos permitindo fazer coisas muito complicadas", informou o cientista ao Science Alert. 

Segundo o cientista entender as atividades solares é fundamental para que os humanos comecem a explorar o Universo. 

A NASA vai transmitir o anúncio oficial ao vivo na quarta-feira (31), às 12 horas, pela NASA TV.

Comentários