Austrália ganha supermercado que distribui comida que iria para o lixo


"Pegue o que precisa, dê o que puder", essa é a filosofia que dá vida ao supermercado inaugurado este mês em Sidney,na Austrália. Em suas prateleiras e bancas, frutas, legumes e verduras que seriam jogados fora por outros estabelecimentos e produtos industrializados que estão perto da data do vencimento.

Para fazer as "compras", basta pegar uma cesta e escolher o que quiser, sem necessidade de pagar. Assim, a iniciativa atende a dois objetivos: oferecer alimento para moradores de rua e outras pessoas em situação de necessidade, e diminuir o desperdício de comida.

É que restaurantes, supermercados e outros negócios ligados ao setor alimentício precisam se desfazer de produtos que ainda estão ótimos para consumo, por diversos motivos, como tempo de display, entrada de estoque novo ou proximidade do vencimento. Agora eles podem doar esses produtos para a ONG e garantir a alimentação de pessoas que precisam.

Pioneira na Austrália, a iniciativa é inspirada em um projeto parecido lançado em 2016, o Weefood, que vende alimentos que seriam descartados. A diferença é que a versão australiana dá um passo além com a distribuição gratuita.

Comentários