Retiro dos Beatles é reaberto ao público na Índia


Um retiro espiritual abandonado onde os Beatles aprenderam a meditar foi aberto ao público na cidade indiana de Rishikesh.

O ashram pertencia ao Maharishi Mahesh Yogi, um autodenominado guru, morto em 2008, mas o local havia sido abandonado por ele e seus seguidores anos antes, na década de 1970. Um departamento local assumiu a administração do lugar em 2003.

Mesmo fora de funcionamento, o retiro manteve-se como grande atração para fãs dos Beatles de todo o mundo, que escalavam os muros ou subornavam guardas para que pudessem entrar.

Foi ali que o grupo compôs várias músicas do álbum The Beatles – conhecido como White Album (Álbum Branco), pois a capa tem apenas um fundo branco com o nome da banda grafada em relevo.

Autoridades reabriram o retiro para visitantes na terça-feira e o preço da entrada varia de US$ 2,24 (cerca de R$ 8,55) para turistas indianos a US$ 10,49 (R$ 40) para estrangeiros.

“Limpamos o local e plantamos flores nos caminhos. Estamos criando alguns jardins e colocando alguns bancos para os visitantes”, disse Rajendra Nautiyal, do departamento florestal. “Queremos manter o aspecto rústico do lugar”.

Comentários