Senador propõe fim da proibição federal da maconha nos EUA

Senador propõe fim da proibição federal da maconha nos EUA

O senador Bernie Sanders, do partido Democrata, está lutando internamente com nomes comoHillary Clinton pela chance de concorrer ao cargo de Presidente dos Estados Unidos.

Enquanto isso ele continua cumprindo com as suas obrigações no Senado e nessa quarta-feira apresentou um projeto que tem como objetivo acabar com a proibição federal da maconha nos Estados Unidos.

Dessa forma, os estados teriam liberdade para decidir sobre a legalização da droga sem intervenção federal:

“Assim como a proibição do álcool falhou nos anos 20, está claro que a proibição da maconha está falhando hoje em dia,” disse o deputado democrata Jared Polis, autor de projeto que serviu como base para o novo de Sanders:

Por décadas a proibição federal da maconha gastou dinheiro dos contribuintes, travou nosso sistema de justiça, forrou os bolsos dos cartéis de drogas e atrapalhou a habilidade dos estados em definir suas próprias leis de saúde pública. A apresentação de hoje do Ato Pelo Fim da Proibição Federal da Maconha no Senado é um passo gigantesco em direção ao movimento de fazer valer o bom senso que as leis de drogas precisam para contribuir com a economia e restaurar a equidade em nosso sistema judicial.

A ideia central é que a droga seja retirada da lista de substâncias perigosas do DEA, agência anti drogas dos Estados Unidos. Dessa forma, ela poderia ser regulada pelos mesmos mecanismos que regulam substâncias como álcool e tabaco.

Hoje em dia estados como Colorado, Alaska, Oregon e Washington já permitem o uso recreativo e medicinal da maconha, já que o governo federal permitiu que a lei do país fosse “contrariada”, desde que políticas específicas da droga estejam em curso nos territórios.

Comentários