Ladrões roubam mais de R$ 3 milhões em queijos na Itália


Uma gangue foi acusada na Itália de roubar o equivalente a mais de três milhões de reais em queijo parmesão.

De acordo com a polícia de Módena (a 332 quilômetros da capital, Roma), o grupo de onze pessoas atacou durante dois anos diversos depósitos e fábricas do famoso 'parmeggiano regiano' nas áreas de Parma e Reggio Emilia. 

Ao todo, os ladrões teriam roubado 2,903 peças de parmesão, causando um prejuízo de 789 mil euros (equivalente a R$ 3,4 milhões). Eles teriam utilizado equipamentos especiais para enganar os sistemas de alarme dos depósitos, além de contar com ajuda para carregar o produto do crime - já que cada peça de queijo pesa cerca de 38 quilos e tem 40 a 45 centímetros de diâmetro. 

Roubos e falsificação de produtos alimentícios não são novidade na Europa. Em 2014, a polícia apreendeu 30 mil garrafas de vinhos falsificados na região da Toscana. O produto era vendido com rótulos de vinhos respeitados no mercado, mas as garrafas continham bebida de qualidade bem inferior.

Comentários