Empresa desenvolve concreto permeável


Todos os anos, quando tem início a temporada de chuvas, também tem início, em muitas cidades, a temporada de alagamentos. Para ajudar a combater o problema, a empresa britânica Lafarge Tarmac desenvolveu um concreto capaz de absorver rapidamente uma grande quantidade de água.

Cada m² do Topmix permeable consegue drenar aproximadamente 600 litros de água por minuto. Em um vídeo divulgado pela empresa, um caminhão pipa despeja 4 mil litros de água num estacionamento – e o líquido praticamente desaparece assim que cai no chão.

Além de diminuir o risco de alagamentos, uma vantagem do concreto permeável, segundo a empresa, é que ele ajuda a preservar a qualidade da água. Quando a água da chuva escoa pela rua, corre-se o risco de que seja contaminada com combustível, detergente e outros poluentes, que ou caem diretamente nos rios ou exigem tratamento.

Ainda segundo o fabricante, o produto requer menos manutenção que o sistema tradicional de escoamento (que acaba retendo também sedimentos, pequenos objetos e poluentes) e ajuda a manter o abastecimento dos lençóis freáticos. Esse segundo aspecto tem um impacto positivo tanto na natureza (facilitando a preservação de lagos e lagoas) como nas áreas construídas, já que a ausência de água subterrânea leva ao encolhimento do solo, principalmente se ele for rico em argila, o que pode danificar a fundação de imóveis.

Mas nem sempre um sistema com concreto permeável vai transferir toda a água para o solo. Essa opção existe, mas também é possível coletar a água que atravessa o concreto e recicla-la, por exemplo. Nesse caso, uma membrana impermeável é instalada sob o concreto, assim como uma tubulação que captura essa água e a direciona para sistemas de descargas ou irrigação.

Esses são os benefícios, mas e quanto ao custo? Em entrevista ao Smithsonian, Richard Stares, diretor comercial da Tarmac, disse que o Topmix Permeable tem preço similar ao dos demais concretos à venda no mercado.

O produto pode ser utilizado em quadras esportivas, ciclovias, estacionamentos, calçadas etc. A empresa não recomenda, porém, o uso do concreto permeável em locais com fluxo intenso de veículos – embora seja mais resistente que outros tipos de concreto permeável disponíveis, ele ainda corre o risco de rachaduras se for submetido a esse tipo de desgaste.

O material também não é uma boa opção para áreas com muito lodo ou serragem, já que isso pode afetar a capacidade de escoamento de água. Aliás, é necessário limpar o concreto regularmente (a frequência depende das condições do local) e, para isso, utiliza-se um hidrojato de alta pressão associado a um sistema de sucção.

Comentários