Câmeras da Skynet monitoram 100% de Pequim


O sistema de vigilância do governo chinês, chamado Skynet, monitorou 100% da cidade de Pequim pela primeira vez durante o feriado da semana passada, a Golden Week.

Oficiais chineses informaram nesta semana que as câmeras com tecnologia de reconhecimento facial são usadas para encontrar dissidentes políticos, criminosos e protestos ilegais. 

Segundo dados do governo, mais de 1.500 crimes foram resolvidos neste ano até o momento por causa do sistema de vigilância Skynet.

Nas Olimpíadas de 2008, mais de 300 mil câmeras vigiavam Pequim, de acordo com o jornal Ming Pao, de Hong Kong. O número atual de câmera é de mais de 400 mil.

O porém é que os altíssimos níveis de poluição de Pequim podem evitar que as câmeras sejam capazes de identificar criminosos. Em 2013, 20 milhões de câmeras em todo o país ficaram praticamente inúteis por causa da poluição.

De acordo com a BBC, o exemplo de monitoramento de Pequim deve ser replicado em toda a China até 2020.

O nome Skynet foi escolhido por oficiais chineses que começaram a construção do sistema nacional de vigilância em 2005, de acordo com relatório da Rádio Pública Nacional.

Não há registro de ligação do nome escolhido com o sistema computacional que traz uma guerra entre humanos, robôs e ciborgues nos filmes da série Exterminador do Futuro.

Comentários