Produtora processa usuários por assistirem filme do Pierce Brosnan via Popcorn Time


Em vez de buscar uma forma de processar o próprio Popcorn Time, uma produtora de cinema americana, incomodada com a distribuição de um de seus filmes, decidiu processar os usuários desse aplicativo que assistem as obras.

A Survivor Productions abriu, no estado do Oregon (EUA), um processo contra dezesseis usuários dos serviços de internet da operadora Comcast, por terem utilizado o Popcorn Time para assistir a "Survivor", um filme do Pierce Brosnan lançado no início do ano.

O advogado que entrou com a ação, Carl Crowell, disse que o intuito do processo é apenas "coibir violações de direitos autorais", em entrevista ao Ars Technica. É por isso que o valor pedido por Crowell é de 750 dólares por pessoa, destinado a amedrontar futuros usuários do serviço.

Entre as justificativas do processo, estão a de que "O Popcorn Time existe por uma razão e apenas por uma razão: roubar conteúdo com copyright". Não é a primeira vez que a Survivor Productions faz este tipo de coisa, visto que entre julho e agosto processou 12 indivíduos, alegando que utilizaram o sistema bittorrent para assistir ao mesmo filme da produtora.

O Popcorn Time é um aplicativo multiplataforma e de código aberto que transmite filmes a partir de arquivos torrents (em redes P2P) gratuitamente. Enquanto uma pessoa assiste a um filme, ela, simultaneamente, compartilha o arquivo usado com outros usuários do serviço.

Comentários