Filhas de B.B. King tomam a volta de representantes legais


Após a morte de B.B. King, três filhas do músico acusaram judicialmente sua representante legal e o assistente de negligência em relação à sua saúde. As investigações da justiça concluíram que tudo foi feito de acordo com o que era possível e o bluesman não morreu por descuido. Agora, é hora do troco. LaVerne Toney e Myron Johnson estão processando Karen Williams, Patty King e Rita Washington por calúnia, difamação e conspiração. O caso correrá na corte de Las Vegas.

Comentários