Combustível com matéria-prima de cerveja é testado na Nova Zelândia


Parece o sonho de muitos por aí: um carro movido a cerveja. Na Nova Zelândia, isso já é uma realidade: uma parceria entre uma cervejaria e uma distribuidora de combustíveis criou uma gasolina com sedimentos sólidos que sobraram após a fermentação da bebida. 

A gasolina cervejeira contém 10% de etanol destilado a partir do refugo da cervejaria e foi batizada de Brewtoleum, uma brincadeira com a palavra "brew" (fermentar, em inglês). 

"É uma maneira de ajudar o mundo com algo que os neozelandeses adoram fazer: beber cerveja", contou o porta-voz da cervejaria DB Export, Sean O'Donnell, ao jornal "New Zealand Herald". 

A distribuidora preparou 300 mil litros do combustível, disponível em 60 postos no país, para testar a aceitação do produto no mercado. Sean O'Donnell, disse ao "New Zealand Herald" que gostaria que o produto se tornasse um produto fixo da companhia.

Comentários