Uber investe 25 mil dólares na criação de carros sem motoristas




A Uber fez uma parceria com a universidade americana para realizar uma pesquisa sobre o uso de carros autônomos em seu serviço. O estudo tem foco em tecnologias essenciais para veículos que dispensam motoristas e podem ser operados por um conjunto de hardware e software. Um dos principais pontos de análise é o mapeamento constante do ambiente ao redor do automóvel.

A informação foi divulgada para os funcionários Universidade do Arizona, localizada perto da Califórnia. A Uber vai doar 25 mil dólares (89 581 reais, na cotação atual) para a divisão de ciências ópticas, que é a responsável pela pesquisa do mapeamento de arredores. Com isso, veículos autônomos ficarão baseados no Arizona permanentemente. 

Como a universidade é estadual, o governador do Arizona também se manifestou sobre a parceria com a Uber, dizendo que a iniciativa entra para a história como o marco de um grande dia. 

"Nossa administração tem sido intensamente focada em ajudar as empresas do século 21 como Uber aumentar sua importância e ter sucesso em nosso estado, e o anúncio de hoje é o mais recente sinal de que essa abordagem tem funcionado. Todos os moradores se beneficiam ao abraçar novas tecnologias – especialmente quando isso significa novos empregos, o desenvolvimento econômico novo, novas oportunidades de pesquisas e aumento de opções de segurança e de transporte público para o nosso estado", disse o governador do Arizona, Doug Ducey, em nota oficial.

Esta não é a primeira vez que a Uber revela seu interesse em carros autônomos. A notícia da parceria entre a Uber e a Universidade do Arizona chega pouco tempo depois da companhia contratar engenheiros especialistas em robótica da Universidade Carnegie Mellon para criar veículos que não precisam de motoristas. Em fevereiro deste ano, a Uber anunciou uma parceria com a mesma universidade para a criação de mapas e de tecnologias de direção autônoma.

Mais recentemente, em julho, a empresa informou que tem a intenção de possuir uma frota de carros autônomos até 2020 – e ela pode ser formada por veículos da Tesla Motors. Em fase de testes, 12 carros da montadora circulam por ruas dos Estados Unidos.

Comentários