Titãs desestimulando protestos anti-Dilma em show



Durante um show em Cuiabá (MT), o quarteto paulista Titãs não engrossou protestos contra a presidente Dilma Rousseff que teriam sido puxados por fãs nos camarotes da casa onde se apresentavam. As informações são do blogdoramirez, repercutidas no blog do Marcelo Rubens Paiva n'O Estado de S. Paulo.

Já ao final da apresentação, a banda percebeu gritos de "ei, Dilma, vai tomar no cu" vindos dos camarotes. Quando voltaram para o bis, o guitarrista e vocalista Paulo Miklos anunciou: "decidimos tocar essa música, que não tocamos desde 87, porque ela está muito atual" - tratava-se de "Desordem", do álbum Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas.

Ao final da canção, o público do camarote decidiu entoar gritos de "Fora Dilma". Paulo então pegou o microfone novamente e disse: "Vamos manter a ordem democrática! Lutamos por isso, democracia acima de tudo!"

Comentários