Big Ben badalou com seis segundos de atraso nos últimos dias


O emblemático Big Ben, durante os últimos 15 dias, deu suas badaladas com seis segundos de atraso, admitiu nesta quarta-feira Ian Westworth, relojoeiro do parlamento britânico.

O monumento de Londres, que já tem 156 anos, se ajusta mediante a adição e eliminação das moedas de seu pêndulo, que determinam a velocidade do balanço.

Os mecânicos descobriram o atraso do relógio no fim de semana passado, entre 15 e 16 de agosto, e o regularam de forma gradual.

Westworth, que qualificou o Big Ben como "temperamental", disse que o centenário relógio necessita de "um pequeno ajuste de vez em quando", explicando que isto é devido a sua antiguidade e a seu funcionamento diário.

A imprecisão das badaladas provocou interrupções na emissora pública "BBC" Rádio 4, que emite o som do relógio ao vivo.

Após este fato, os mecânicos estão fazendo diariamente controles rotineiros para assegurar a exatidão do relógi. Esses controles, antes, eram feitos três vezes por semana.

Embora a causa do atraso seja desconhecida, os técnicos estão investigando o fato e um porta-voz explicou que são vários os fatores que podem influenciar, como a pressão do ar, a temperatura e a engrenagens, entre outros.

Comentários